Polícia polonesa detém 138 pessoas em operação contra pedofilia na internet

Varsóvia, 4 set (EFE).- A Polícia polonesa deteve hoje 138 pessoas de diferentes regiões da Polônia, acusadas de posse e distribuição de pornografia infantil através de internet.

EFE |

Segundo um porta-voz da Polícia, "os agentes realizaram as detenções após analisar dez arquivos de computador que continham imagens e vídeos com pornografia infantil, assim como dados de usuários da rede".

Neste golpe contra a pedofilia na Polônia, foram revistados 117 domicílios, com a apreensão de 144 computadores, e milhares de DVDs, fotografias e vídeos que eram distribuídos pela internet.

As detenções aconteceram simultaneamente em todo o país, mas a maioria foi feita nas localidades de Varsóvia, Katowice e Poznan.

Entre os detidos, alguns dos quais poderiam ser condenados a penas de mais de dez anos de prisão, há médicos, banqueiros, empresários, desempregados e estudantes. EFE nt/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG