Polícia pede pena de morte para suspeito de atentados de Mumbai

A polícia de Mumbai pediu a pena de morte para o único sobrevivente do grupo que executou os atentados na cidade indiana em novembro, dois dias antes do início do julgamento.

AFP |

O paquistanês Mohamed Ajmal Amir Iman, também conhecido como Kasab, está preso desde 26 de novembro e será julgado por assassinato e por atos de guerra contra a Índia.

"Pedimos a pena de morte para ele", anunciou Jayant Patil, ministro do Interior do estado de Maharashtra, onde fica Mumbai.

Iman integrava o grupo de 10 homens que matou 165 pessoas em um ataque simultâneo, entre outros lugares, à principal estação de trens da cidade, dois hoteis e um centro judaico.

Também é acusado de ser membro da organização radical islâmica paquistanesa Lashkar-e-Taiba.

Nove terroristas foram mortos pela polícia durante os atentados.

ym/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG