Polícia paraguaia detém ex-vereador brasileiro foragido da Justiça

Assunção, 28 ago (EFE).- As autoridades paraguaias detiveram hoje o ex-presidente da Câmara de Naviraí Laurentino Pavão de Arruda, de 46 anos, que tem antecedentes por homicídio e que é procurado pela Justiça brasileira.

EFE |

Ele foi detido na localidade de Capitán Bado, ao nordeste de Assunção e na fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Contra Pavão de Arruda pesa uma ordem de detenção emitida pelo juiz Eduardo Magrinelli, do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, informou em comunicado a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai.

O documento detalha que os agentes desse organismo antidrogas detiveram o brasileiro durante uma operação realizada na casa que ele tem em Capitán Bado, no departamento de Amambay e situada na divisa com o Mato Grosso do Sul.

Ele acrescenta que Pavão de Arruda foi levado à sede da Senad em Pedro Juan Caballero, 530 quilômetros a nordeste de Assunção e capital de Amambay, até que sejam concluídos os trâmites de sua entrega às autoridades brasileiras.

De acordo com as autoridades paraguaias, nas regiões fronteiriças de Concepción, Amambay e Canindeyú operam contrabandistas e traficantes de drogas que disputam os envios ilegais de produtos e o controle dos cultivos de maconha da zona e pelo tráfico de cocaína.

EFE rg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG