Polícia palestina desmantela laboratório de explosivos do Hamas em Hebron

Ramala, 11 out (EFE).- As forças de segurança da Autoridade Nacional Palestina (ANP), leais ao presidente Mahmoud Abbas, anunciaram hoje o desmantelamento de um laboratório de explosivos controlado pelo movimento islâmico Hamas na cidade cisjordaniana de Hebron.

EFE |

A operação, na qual 11 suspeitos foram detidos, aconteceu na sexta-feira, em uma área residencial da cidade onde vivem muitos simpatizantes do Hamas, disse o coronel Ramadan Awad, chefe da Polícia de Hebron.

"Apreendemos explosivos e evitamos uma catástrofe", disse Awad, antes de afirmar que os detidos estão sendo interrogados.

As forças de segurança da ANP vigiavam "um grupo de suspeitos", quando descobriram que integravam "uma célula pertencente ao Hamas" que montava e armazenava uma grande quantidade de explosivos em uma casa abandonada, disse o coronel.

Fawzi Barhum, porta-voz do Hamas na Faixa de Gaza, disse que a informação era uma "mentira" destinada a "dificultar os esforços do Egito em lançar um diálogo nacional palestino".

O Egito faz a mediação há meses para reconciliar o Hamas com o movimento nacionalista Fatah, em conflito desde que o grupo islâmico tomou o controle da Faixa de Gaza à força, em junho de 2007, e expulsou as forças leais a Abbas.

Além disso, o Hamas denunciou hoje, em comunicado, a detenção de 17 de seus militantes pelas forças de segurança da ANP nas localidades cisjordanianas de Nablus, Hebron, Jenin e Kalkilia. EFE fn/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG