Polícia mexicana encontra corpos decapitados no estado de Sinaloa

México, 24 ago (EFE).- A Polícia mexicana encontrou hoje os cadáveres decapitados de quatro homens no estado de Sinaloa, no noroeste do país, que é reduto de grandes chefes dos cartéis do tráfico de drogas, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

EFE |

Segundo fontes da Procuradoria estadual, as cabeças foram encontradas na madrugada de hoje e, horas mais tarde, policiais avistaram os corpos em um local diferente.

As cabeças apresentavam marcas de bala e foram achadas dentro de uma geladeira abandonada em uma estrada estadual entre as localidades de Tecomate e La Cofradía, próximas ao porto de Mazatlán, no litoral do oceano Pacífico.

A Procuradoria estadual relatou que junto às cabeças havia uma cartolina na qual foram escritas ameaças contra outras pessoas, mas não divulgou o conteúdo do texto.

Segundo a fonte, as cabeças correspondiam a homens de entre 25 e 45 anos, ainda não identificados.

O estado de Sinaloa é um dos mais violentos do México e é a base do Cartel de Sinaloa, liderado Joaquín "El Chapo" Guzmán.

Segundo uma investigação extraoficial do jornal "El Universal", 4.521 pessoas foram assassinadas em 2009 no México em ações atribuídas ao crime organizado. EFE jrm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG