Polícia mexicana encontra 12 corpos decapitados

Policiais mexicanos encontraram 12 corpos decapitados e empilhados na zona rural da cidade de Mérida, no estado de Yucatán, no extremo leste do país, informou o jornal El Universal.

BBC Brasil |

Os cadáveres apresentavam sinais de tortura e foram encontrados enrolados em um cobertor. As cabeças ainda estão desaparecidas.

Onze cadáveres foram encontrados juntos e um outro foi localizado na cidade de Buctzotz, a 70 quilômetros de Mérida.

De acordo com o jornal mexicano, o incidente ocorreu pouco depois de o secretário-executivo do Sistema Nacional de Segurança Pública, Roberto Campa, qualificar Yucatán como um dos estados mais seguros do país.

Na semana passada, a polícia de Tijuana havia encontrado três corpos decapitados. As vítimas estavam com as mãos amarradas tinham ao seu lado mensagens que sugeriam ligação com o tráfico de drogas.

As cabeças, localizadas próximas aos corpos, pareciam ter sido queimadas.

Protestos

Na semana passada, líderes mexicanos lançaram um programa de emergência para tentar combater a crescente onda de violência no país.

Desde o início do ano foram registradas 2,7 mil mortes relacionadas com o tráfico de dorgas.

Entre as medidas que estão sendo adotadas pelas autoridades está a demissão de policiais envolvidos com criminosos, prisão de seqüestradores e combate à lavagem de dinheiro e ao tráfico de drogas.

Grandes protestos estão sendo organizados para este sábado em várias partes do país. Milhares de mexicanos devem sair às ruas vestidos de branco e carregando velas para pedir o fim da violência.

Leia mais sobre México

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG