Ciudad Juárez (México), 25 nov (EFE).- As autoridades mexicanas informaram hoje terem encontrado corpos de sete homens perto de uma escola de Ciudad Juárez, no norte do país, aparentemente assassinados de forma brutal pelo crime organizado.

Fontes oficiais disseram à Agência Efe que os sete corpos foram descobertos às 6h30 (11h30, Brasília) no noroeste dessa região, diante de um campo de futebol e a poucos metros de uma escola particular.

Os corpos, que apresentavam sinais de tortura, foram colocados em fila e por sua postura se presume que foram obrigados a se ajoelhar antes de receber um tiro de tiro característico das máfias criminosas.

Fora isso, junto a eles foram achados cartas com ameaças dos cartéis de drogas dirigidas a grupos rivais.

No mesmo lugar, mas há duas semanas, foi assassinado outro homem nas mesmas circunstâncias.

As investigações preliminares apontam que as vítimas foram levadas ainda com vida para o local do crime, onde foram mortas.

Com essas sete mortes, sobem para 1.500 as pessoas assassinadas pela luta entre grupos do narcotráfico e destes bandos contra as forças da ordem nessa zona do norte do México, considerada a mais violenta junto com Tijuana, outra cidade fronteiriça com os Estados Unidos. EFE hs/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.