Polícia mata assaltante em supermercado na China; homem mantinha refém

Pequim, 29 nov (EFE).- A Polícia matou o homem que por mais de quatro horas manteve uma enfermeira refém após assaltar uma loja do supermercado Carrefour no sul da China, informou a agência oficial Xinhua.

EFE |

O assaltante, Lu Zhiwen, de 39 anos, entrou esta manhã no mercado, na cidade de Kunming, capital da região de Yunnan, levando uma faca.

Às 9h48 (23h48 de Brasília de sexta-feira), as autoridades receberam um telefonema de emergência, depois que testemunhas viram o homem atacando três clientes no segundo andar do mercado.

Uma enfermeira socorreu os três feridos ali mesmo, e o agressor aproveitou a ocasião para manter a mulher como refém e levá-la até a parte administrativa do mercado.

Um dos feridos está em estado crítico, segundo a "Xinhua".

Segundo um porta-voz da Polícia, Lu teria invadido o mercado após ter ficado desapontado com o fim de um relacionamento. EFE gmp/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG