Bogotá, 20 dez (EFE) - A Polícia colombiana anunciou hoje a morte, no noroeste do país, de um suposto guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) implicado no seqüestro do ex-congressista Óscar Tulio Lizcano, que fugiu dos rebeldes em outubro com a ajuda de seu carcereiro. Federico, apelido de John Freddy Chiquito Peláez, morreu junto a Giselda, sua companheira, em uma operação de ataque de soldados de elite antiseqüestro na zona rural de Andes, localidade do departamento de Antioquia. A Polícia regional disse à imprensa que o casal entrou em choque nesta madrugada com os soldados que se aproximaram do lugar no qual se encontravam. Na operação foram apreendidos três fuzis e documentos, disse a fonte, que indicou que Federico pertencia à frente 47 das Farc e se dedicava à extorsão. Segundo a mesma fonte, o suposto rebelde participou do seqüestro de Lizcano, capturado em 2000. O ex-congressista fez parte do grupo de civis e soldados da Polícia que as Farc pretenderam trocar por insurgentes presos.

EFE jgh/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.