Polícia liberta reféns de Prefeitura na Holanda e prende seqüestrador

Haia, 16 jun (EFE).- O seqüestro de cinco pessoas na Prefeitura de Almelo (a 150 quilômetros de Amsterdã) terminou hoje, após cinco horas de tensão, com a detenção do seqüestrador, o dono de um restaurante que não conseguiu o alvará de funcionamento, segundo a Polícia.

EFE |

O dono do restaurante, de 41 anos, incendiou o estabelecimento e, depois de atear fogo no próprio carro, entrou no prédio e seqüestrou cinco pessoas no escritório de um vereador.

A Polícia manteve contato direto com o seqüestrador e com sua família para pôr fim ao seqüestro. EFE mr/wr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG