Polícia italiana lança operação contra mafiosos da Sicília

ROMA (Reuters) - A polícia italiana informou nesta terça-feira que iniciou uma operação para capturar 100 pessoas suspeitas de tentar reconstruir os principais postos da máfia siciliana e recuperar a força da entidade criminosa, que foi enfraquecida com as recentes prisões de seus chefes mais poderosos. A operação Perseus, que envolve mais de 1.200 policias, helicópteros e unidades antidroga, acontece em toda a Sicília e em regiões da Toscana.

Reuters |

Os suspeitos são procurados pelos crimes de extorsão, tráfico de armas e drogas e por terem ligações com a máfia.

Eles são suspeitos de tentar recriar o grupo Cosa Nostra, responsável por tomar as decisões mais importantes da máfia, com o apoio de Matteo Messina Denaro, um dos mais poderosos chefões da atualidade.

"Se a Cosa Nostra estava de joelhos após a operação Gotha em junho de 2006, agora a operação Perseus vai prevenir que se erga novamente", disse o promotor anti-máfia Pietro Grasso.

A polícia italiana golpeou a máfia siciliana com prisões dos principais mafiosos nos últimos anos, como a do "chefe dos chefes" Bernardo Provenzano, em 2006, e seu herdeiro Salvatore Lo Piccolo, em 2007.

Jovens sicilianos têm liderado esforços para reunir os comerciantes locais para resistirem ao pagamento do "pizzo", o dinheiro pago à máfia por proteção e que financia as atividades criminosas.

(Por Deepa Babington)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG