Polícia italiana detém chefe de clã mafioso da Camorra

Cesare Pagano era um dos 30 mais procurados pela polícia italiana

EFE |

A Polícia italiana deteve nesta quinta-feira Cesare Pagano, considerado chefe do perigoso e sanguinário clã mafioso da Camorra napolitana e braço-direito de Raffaele Amato, o "capo" camorrista detido na Espanha em maio de 2009.

Segundo informam fontes policiais, Pagano, um dos 30 foragidos mais perigosos da Itália, foi detido esta madrugada em uma pequena vila da localidade de Licola, próxima a Nápoles, no litoral sudoeste italiano.

O suposto mafioso, de 40 anos e cunhado de Raffaele Amato, estava foragido da Justiça desde março de 2009 e é acusado de associação mafiosa e tráfico internacional de drogas.

Pagano era considerado o sucessor de Amato à frente do clã dos "escisionistas", que saiu vencedor perante o clã Di Lauro da sangrenta luta entre grupos rivais da Camorra que aconteceu na localidade napolitana de Scampia entre 2004 e 2005.

O clã dos "escisionistas", também chamado clã Amato, controla Scampia e os municípios vizinhos de Arzano, Casavatore, Mugnano e Melito.

    Leia tudo sobre: CamorrapresoCesare Pagano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG