Polícia italiana detém 50 no 3º golpe consecutivo contra a Camorra

Roma - A Polícia italiana deteve 57 supostos membros dos clãs Sarno e Casalesi da máfia napolitana Camorra, no que representa o terceiro golpe consecutivo contra este grupo nos três últimos dias, informaram hoje à Agência Efe fontes policiais.

EFE |

As detenções foram efetuadas em três operações policiais nas províncias italianas de Nápoles e Caserta (sul do país).

Ontem, 32 supostos membros do clã Casalesi, um dos mais poderosos da Camorra, foram detidos. Na terça-feira, o mesmo grupo teve 50 milhões de euros confiscados em bens.

Além disso, a Polícia italiana mantém uma operação contra a máfia 'Ndrangheta, da região da Calábria, na qual os agentes estão apreendendo bens no valor de 20 milhões de euros e devem cumprir 23 mandados de prisão preventiva.

Leia mais sobre: máfia italiana

    Leia tudo sobre: itáliamafia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG