Polícia italiana detém 2 argentinos ligados ao tráfico de drogas

Roma, 15 dez (EFE) - A Polícia italiana deteve hoje na cidade de Palermo, Sicília, dois argentinos acusados de tráfico de cocaína, em uma operação policial que levou à desarticulação de uma grande rede de traficantes de drogas vinculada à máfia siciliana. Os detidos são Ricardo Zubieda e Adolfo Héctor Casco, atrelados pelas autoridades italianas com uma rede de traficantes de drogas que transportava a cocaína da Argentina até a Sicília, com escala em importantes cidades européias, como Londres, Paris ou Amsterdã. Junto a eles foram detidos outros 14 acusados de tráfico de drogas durante uma operação policial na qual foram apreendidos 9.500 euros em notas falsas e que foram emitidas 25 ordens de detenção, das quais nove foram notificadas em prisão a italianos anteriormente detidos.

EFE |

Segundo os investigadores, a droga era comprada na Argentina com o dinheiro da máfia e levada à Europa por pessoas que agiam como mensageiros, que, para despistar as autoridades italianas, faziam escala em cidades européias para finalmente entrar em Milão e daí levar a cocaína de trem até Sicília. EFE mcs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG