Polícia italiana apreende mais de 1 milhão de produtos tóxicos chineses

Roma, 26 set (EFE).- A Polícia italiana apreendeu hoje cerca de 1,7 milhão de produtos de couro, a maioria sapatos, procedentes da China e nos quais foram detectadas substâncias tóxicas para a saúde.

EFE |

A operação policial, realizada entre as regiões da Toscana, do Lácio, da Lombardia e da Apúlia, terminou com 28 pessoas denunciadas, 21 delas chinesas, pelos crimes de fraude, venda de produtos falsificados e atentado contra a saúde pública.

Segundo as análises efetuadas pela Polícia, os produtos contêm cromo hexavalente, que era utilizado para tratamento do couro, mas que está proibido na Itália por sua toxicidade.

Durante a operação foram vasculhadas 45 oficinas e, segundo fontes policiais, 95% dos produtos tinham sido importados da China, enquanto o restante tinha sido fabricado na Itália.

No total, os investigadores avaliaram os produtos apreendidos, entre os quais se encontravam também luvas e bolsas, em 20 milhões de euros. EFE ccg/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG