Polícia israelense restringe acesso à esplanada das Mesquitas de Jerusalém

A polícia israelense restringiu nesta sexta-feira o acesso à esplanada das Mesquitas em Jerusalém por temor a manifestações palestinas contra a demolição de 90 residências árabes num bairro adjacente à Cidade Velha.

AFP |

O acesso à esplanada das Mesquitas, no setor oriental ocupado da cidade Santa, só será permitido a muçulmanos de mais de 45 anos que possuam documentos de identidade israelenses, informou uma fonte policial.

A medida será aplicada, apenas, aos homens e afeta os palestinos de Jerusalém Oriental e os árabes israelenses.

A ordem de demolição foi emitida há vários anos, mas a prefeitura israelense só advertiu os moradores do local na semana passada.

A destruição dessas casas - por terem sido construídas ou ampliadas sem a permissão israelense - deixará nas ruas 1.500 pessoas. Representará a maior expulsão desde que o setor oriental da cidade Santa foi ocupado e anexado por Israel em 1967. A esplanada das Mesquitas é considerado o terceiro lugar santo do Islã.

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG