A polícia israelense elevou seu nível de alerta para se precaver contra eventuais atentados durante a festa religiosa judaica do Purim, celebrada a partir de segunda-feira, indicou neste domingo um porta-voz.

As forças de segurança espalharam reforços pelas grandes cidades do país, principalmente perto de centros comerciais e em outros locais públicos de grande concentração de pessoas, além de aumentar a fiscalização de documentos, explicou à AFP o porta-voz, Micky Rosenfeld.

Segundo a rádio militar, a polícia teme que os palestinos aproveitem a festa para se disfarçar e cometer atentados.

A festa do Purim tem celebrações alegres semelhantes às do carnaval, e muitas pessoas saem às ruas fantasiadas.

O sentido da festa é comemorar o dia em que os judeus escaparam de um massacre na Pérsia, há 2.500 anos, graças à intervenção da rainha Esther.

jlr/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.