Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Polícia israelense fecha rádio pacifista em Jerusalém

A Polícia israelense fechou nesta segunda-feira o escritório de Jerusalém da RAM FM, estação de rádio criada com o objetivo de favorecer o diálogo entre israelenses e palestinos, anunciou uma fonte oficial, alegando que estaria prejudicando o tráfego aéreo.

AFP |

"A Polícia efetuou o fechamento desta estação pirata, tendo apreendido um transmissor e detido sete pessoas que se encontravam no local para interrogá-los", informou à AFP o porta-voz do Ministério das Comunicações, Yechiel Shavi.

Segundo Shavi, a rádio prejudicava a comunicação entre os aviões e a torre de controle do aeroporto Ben Gourion, próximo a Tel-Aviv. A rádio manteve suas transmissões a partir de seus escritórios de Ramallah (Cisjordânia).

"Atuamos em Jerusalém porque se trata de um território israelense, o que não é o caso de Ramallah", afirmou este porta-voz.

As autoridades israelenses efetuam regularmente o fechamento de estações de rádio consideradas "piratas" cujas transmissões interferem nas comunicações do aeroporto Ben Gourion.

A Ram FM foi inaugurada há cerca de um ano por iniciativa de Issie Kirsh, um empresário sul-africano que havia criado anteriormente uma rádio em seu país para favorecer a reconciliação entre brancos e negros após o fim do regime do apartheid.

jlr/dm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG