Polícia israelense entra na Esplanada das Mesquitas após distúrbios

A polícia de Israel entrou na Esplanada das Mesquitas de Jerusalém - um dos locais sagrados para o Islã - após um protesto de muçulmanos, que jogaram pedras nos oficiais após a oração de sexta-feira.

AFP |

Os policiais dispersaram os manifestantes com gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral.

"Nossas forças agiram na Esplanada quando fiéis judeus foram apedrejados no momento em que rezavam no Muro das Lamentações", afirmou o porta-voz da polícia de Jerusalém, Shmulik Ben Rubi.


Israelenses entram em confronto com palestinos na Esplanada das Mesquitas / AFP

A Esplanada já havia sido cenário de incidentes no domingo passado, depois que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu decidiu incluir no patrimônio cultural israelense dois locais sagrados - a Tumba dos Patriarcas em Hebron (mesquita de Abraão para os muçulmanos) e o Túmulo de Raquel (mesquita Bilal ben Rabah) em Belém, no patrimônio nacional do Estado hebreu.

A Esplanada é o terceiro local sagrado dos muçulmanos, depois de Meca e Medina. Os judeus denominam o lugar Monte do Templo e o consideram o principal local sagrado de sua religião.

Leia mais sobre Esplanada das Mesquitas

    Leia tudo sobre: jerusalém

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG