Polícia israelense e palestinos entram em confronto em Jerusalém

Segundo testemunhas, cinco pessoas ficaram feridos durante enfrentamento no bairro árabe de Siluan

iG São Paulo |

A polícia israelense e cerca de 200 jovens palestinos entraram em confronto nesta terça-feira em um bairro árabe de Jerusalém Oriental.

Policiais e guardas fronteiriços dispararam balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes, que responderam com pedradas, segundo testemunhas. Cinco palestinos ficaram levemente feridos, indicaram as fontes.

Segundo um porta-voz da polícia israelense, o confronto acabou depois de vereadores locais palestinos pedirem que os jovens se dispersassem. O porta-voz informou que não houve nenhuma prisão.

Os confrontos aconteceram no bairro árabe de Siluan, onde a prefeitura de Jerusalém autorizou um projeto arqueológico cuja gestão foi dada a uma associação ultranacionalista que apoia a colonização judaica em Jerusalém Oriental.

Em 22 de junho, a comissão de planejamento e construção da prefeitura validou o plano do parque arqueológico chamado "Jardim do rei" (uma referência aos jardins do rei Salomão) neste bairro, no qual se instalaram colônias judaicas entre 12 mil palestinos. Desde então, os incidentes aumentaram. O plano municipal prevê a destruição de 22 casas palestinas construídas sem autorização israelense.

Com AFP

    Leia tudo sobre: israelpalestinosoriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG