Polícia iraquiana é alvo de novo ataque suicida

Homem bate ambulância com explosivos no portão de um centro de treinamento policial, deixando ao menos 12 mortos

iG São Paulo |

Um ataque suicida deixou pelo menos 12 mortos e cerca de 50 feridos nesta quarta-feira na província de Diyala, no Iraque. Um homem dirigia uma ambulância que levava explosivos e bateu o veículo contra o portão de um centro de treinamento da polícia iraquiana.

Autoridades locais disseram que o número de mortos deve subir pois há corpos presos sob escombros do prédio.

Este é o segundo ataque contra a polícia do Iraque em dois dias. Na terça-feira, um homem-bomba deixou pelo menos 50 mortos e mais de 100 feridos em Tikrit, cidade natal de Saddam Hussein. De acordo com autoridades locais, por volta das 10h15 no horário local (5h15 de Brasília), o homem-bomba se misturou a cerca de 100 candidatos a policiais que estavam em frente a uma delegacia. Ele, então, detonou os explosivos.

O grupo de recrutas era o primeiro a se apresentar para tentar conseguir uma das 2 mil novas vagas de emprego como policial na província de Saçahuddin, dominada por muçulmanos sunitas. No momento do ataque, eles esperavam pelas entrevistas e exames médicos que fazem parte do processo de seleção.

Centros de recrutamento de policiais são um alvo constante dos insurgentes, que se aproveitam da pouca segurança e da confusão causada pelo grande número de candidatos, desesperados por uma vaga de trabalho em um país onde a taxa de desemprego chega a 30%.

Em agosto de 2010, um ataque similar em um centro de recrutamento em Bagdá deixou 61 mortos e 125 feridos.

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: iraqueexplosãopolíciaataquebombaguerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG