Teerã, 22 dez (EFE).- O sub-comandante da Polícia iraniana, general Ahmad Radan, afirmou hoje que ninguém foi detido durante o funeral do grande aiatolá Hossein Ali Montazeri, na segunda-feira, em Qom.

Em declarações à agência "Isna", Radan desmentiu a informação publicada nos sites pró-reformistas que informavam sobre a detenção de dez pessoas no funeral.

"Ninguém foi detido durante a cerimônia", afirmou Radan, ao referir-se ao funeral do aiatolá Montazeri, que faleceu no sábado em sua residência em Qom.

Dezenas de milhares de pessoas, procedentes de diferentes cidades iranianas, assistiram ontem à cerimônia em homenagem ao grande aiatolá Montazeri, destacado clérigo opositor à República Islâmica.

EFE msh/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.