DC Madam , cafetina de luxo em Miami - Mundo - iG" /

Polícia investiga morte de DC Madam , cafetina de luxo em Miami

A polícia investiga nesta quinta-feira o aparente suicídio de uma mulher conhecida como DC Madam, recentemente condenada por comandar uma rede de prostituição de luxo, com vários clientes importantes, entre eles políticos americanos.

AFP |

Um porta-voz da polícia disse que as autoridades encontraram o corpo de Deborah Jeane Palfrey em um pequeno galpão na parte de fora do trailer de sua mãe, em Tarpon Springs, na Flórida.

"Cartas escritas a mão foram encontradas na cena. Nela, descreve-se a intenção da vítima de acabar com a própria vida", informou o capitão da polícia Jeffrey Young.

Deborah Palfrey afirmava que sua agência, a Pamela Martin and Associates, era um serviço legal de acompanhantes, que oferecia serviços de companhia para uma ampla faixa de funcionários públicos e privados, incluindo a Nasa, as Forças militares, o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional.

Em 2007, o conservador senador por Louisiana David Vitter teve de pedir desculpas, quando veio a público que ele havia sido cliente da agência. Já Randall Tobias, titular da USAid, renunciou ao cargo, depois que se confirmou que ele também usou os serviços da agência de Palfrey.

No mês passado, Palfrey foi condenada com acusações federais de administrar uma rede de prostituição que teria acumulado mais de dois milhões de dólares desde sua inauguração, em 1993. Ela esperava a sentença definitiva para julho.

mac/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG