Polícia investiga explosão em hotel em Davos

Fogos de artifício causam danos ao Morosoni Post, próximo ao centro de convenções onde acontece o Fórum Econômico Mundial

iG São Paulo |

Reuters
Carro de polícia é visto em frente ao hotel Morosoni Post em Davos, na Suíça

A polícia Suíça investiga uma explosão de pequeno porte em um hotel em Davos nesta quinta-feira. A explosão não deixou vítimas, mas danificou janelas do hotel Morosoni Post, que fica próximo ao Centro de Convenções onde acontece o Fórum Econômico Mundial.

Entre os hóspedes do hotel estão a ministra das Relações Exteriores da Suíça, Micheline Calmy-Rey, e o presidente do banco UBS, Oswald Grübel. Nesta quinta-feira, o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton participaria de uma festa no Morosoni Post.

Uma mensagem anônima no site indymedia.ch afirmou que os autores do ataque são grupos de extrema esquerda e que os alvos eram as autoridades do governo suíço e do banco UBS. Policiais disseram estar investigando a autenticidade da mensagem. Segundo o porta-voz da polícia, Thomas Hobi, a explosão foi causada por fogos de artifício e aconteceu por volta das 9h no horário local (6h de Brasília), no porão do hotel.

Com EFE

    Leia tudo sobre: davossuíçafórum econômico mundialexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG