Polícia indonésia desativa bomba escondida em hotel após atentados

Jacarta - A Polícia indonésia desativou hoje uma bomba escondida em um quarto do hotel Marriott de Jacarta, depois de o estabelecimento e a filial da cadeia Ritz Carlton na capital do país terem sido alvo de atentados que deixaram pelo menos nove mortos e 50 feridos, indicaram fontes oficiais.

EFE |

A bomba estava pronta para ser detonada e foi descoberta por agentes da brigada antiterrorista em um quarto do 18º andar, local onde, segundo o ministro para a Segurança da Indonésia, Widodo Adi Sucipto, os supostos autores dos atentados estabeleceram sua central de controle.

A explosão no Ritz-Carlton se deu no porão, enquanto a no Marriott ocorreu no terceiro, onde fica o restaurante, que costuma ser usado para cafés da manhã de trabalho.

Localizados no centro financeiro de Jacarta, os dois hotéis ficam bem próximos um do outro. Ambos foram isolados e vários edifícios do entorno foram esvaziados pela Polícia, segundo testemunhas.

AFP

Policiais indonésios cercam um dos hotéis atingidos por explosão

Segundo o porta-voz da Polícia, Joko Sumento, as primeiras investigações apontam que as duas explosões foram causadas por um explosivo potente usado em pequena quantidade.

As explosões ocorreram com uma diferença de aproximadamente cinco minutos entre uma e outra, segundo moradores da região disseram à Agência Efe.

Quatro dos mortos foram localizados no saguão do hotel Marriott.

Fontes policiais relataram que os feridos - dentre os quais estão 14 estrangeiros - foram transferidos em automóveis particulares e em ambulâncias para hospitais da região.

Poucas horas depois da explosão no Marriott, os agentes retiraram partes de um cadáver e pelo menos cinco corpos.

Em 7 de agosto de 2003, 12 pessoas morreram num atentado perpetrado contra a filial do hotel Marriott de Jacarta. O ataque foi atribuído ao grupo Jemaah Islamiya, considerado o braço da Al Qaeda no Sudeste Asiático.

Leia mais sobre: Indonésia

    Leia tudo sobre: indonésia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG