Polícia indiana captura terrorista envolvido nos ataques em Mumbai

Nova Délhi, 27 nov (EFE).- A Polícia capturou um dos terroristas que participaram na noite desta quarta-feira da série de ataques que deixou ao menos 101 mortos em Mumbai, onde dezenas de reféns continuam seqüestrados em três pontos diferentes.

EFE |

"Um dos terroristas foi capturado vivo", disse o vice-primeiro-ministro de Maharashtra, R.R. Patil, que indicou à agência indiana "Ians" que o detido foi interrogado pelos serviços secretos locais e a Polícia.

Segundo Patil, por enquanto não aconteceram negociações com os terroristas, que se encontram entrincheirados nos hotéis Taj e Oberoi, e no centro de orações judeu Nariman House.

"Não sabemos quem está por trás dos ataques terroristas", afirmou Patil.

O vice-primeiro-ministro esclareceu que Mumbai não está sob toque de recolher, embora algumas áreas estejam isoladas e o Governo tenha pedido aos cidadãos que permaneçam em suas casas.

Na Nariman House, a Polícia suspeita de que há sete terroristas entrincheirados com vários reféns, entre eles israelenses, segundo a imprensa local.

Além disso, o oficial de comando de Maharashtra, R.K. Huda, cifrou em quatro os terroristas no hotel Taj, onde há entre 40 e 50 reféns. EFE daa/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG