caso Mabhouh - Mundo - iG" /

Polícia identifica 15 novos suspeitos em caso Mabhouh

Cairo, 24 fev (EFE).- A Polícia de Dubai anunciou hoje que identificou 15 novos suspeitos do assassinato de Mahmoud al-Mabhouh, líder do grupo palestino Hamas encontrado morto em 20 de janeiro em um hotel do emirado.

EFE |

Segundo um comunicado da Polícia, três dos novos supostos assassinos têm passaportes da Irlanda, três da França, seis do Reino Unido e três da Austrália.

Além disso, entre eles há cinco mulheres com passaportes dessas nacionalidades.

A Polícia de Dubai recebeu confirmações dos países de onde procedem os supostos assassinos sobre a autenticidade dos passaportes, acrescentou o comunicado.

Com este anúncio, sobe para 26 o número de pessoas identificadas pelas autoridades de Dubai, que supostamente participaram da morte de al-Mabhouh, um dos fundadores das Brigadas Izz ad-Din al-Qassam, braço armado do Hamas.

O comunicado publica fotografias dos supostos assassinos, que viajaram para Dubai procedentes de seis cidades europeias e de Hong Kong, e os nomes dos bancos que usaram para tirar dinheiro com cartões de crédito quando estiveram no emirado.

O texto acrescenta que 14 suspeitos usaram o mesmo cartão de crédito, enquanto outros efetuaram pagamentos em dinheiro para fazer reservas de hotéis e comprar passagens aéreas.

Os supostos assassinos demoraram 20 minutos para matar al-Mabhouh, segundo a nota. A mensagem acrescenta que, após cometer o crime, foram para diversos destinos como África do Sul, Irã e Hong Kong.

Os suspeitos tinham diversas tarefas encomendadas. Enquanto alguns se encarregaram de matar al-Mabhouh, outros vigiaram o aeroporto e o hotel onde foi cometido o crime. EFE mys/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG