Polícia holandesa prende três pessoas envolvidas em prostituição de brasileiras e tailandesas

A Polícia holandesa anunciou nesta quarta-feira que prendeu três pessoas suspeitas de terem forçado quatro mulheres brasileiras e tailandesas a se prostituir em hotéis nos arredores de Leyde (oeste da Holanda).

AFP |

A prisão das três pessoas, cuja nacionalidade não foi divulgada, foi efetuada no dia 23 de setembro, indicou a Polícia em um comunicado. São suspeitas de "tráfico de seres humanos".

Um homem de 45 anos e uma mulher de 23 foram presos em Rotterdam (oeste) e um homem de 42 anos, em Wassenaar, uma zona residencial nas imediações de Haia, segundo a Polícia.

A investigação, iniciada em novembro de 2007, "revelou que as quatro mulheres estavam em vários hotéis das imediações de Leyde, onde eram forçadas a se prostituir", segundo a nota.

Os suspeitos exigiam supostamente 20.000 euros das mulheres por tê-las ajudado a entrar ilegalmente em território holandês. "Deviam cobrir essa dívida se prostituindo", afirmou a Polícia.

axr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG