Polícia holandesa prende garoto que ameaçou atirar em escola

AMSTERDÃ (Reuters) - A polícia holandesa prendeu um garoto de 18 anos por ameaçar promover um tiroteio em uma escola ao sul da Holanda, disseram autoridades nesta sexta-feira. Escolas e creches na cidade de Breda foram fechadas nesta sexta-feira depois que as ameaças foram descobertas na Internet, disse a mídia holandesa. A prefeitura local disse em um comunicado que a ameaça foi feita em um site hospedado nos EUA.

Reuters |

O suspeito foi preso na madrugada desta sexta-feira na casa de seus pais, na cidade de Zundert, ao sul do país, disse a polícia.

Um porta-voz da polícia disse que o suspeito publicou na Internet uma mensagem dizendo que estava arquitetando um tiroteio em uma escola da cidade de Brenda, sem mencionar o nome da instituição.

Após ser preso, no entanto, ele disse à polícia que a mensagem era uma piada e que não tinha a intenção de machucar ninguém.

"A promotoria pública e a cidade de Brenda levaram isso muito a sério", disse o porta-voz.

A prisão aconteceu depois que o menino de 17 anos Tim Kretschmer atirou e matou 15 pessoas, muitas delas estudantes, em uma escola na cidade alemã de Winnenden, na quarta-feira.

A polícia alemã também fechou na sexta-feira as portas de outra escola -- em Ilsfed, no sudoeste da Alemanha -- depois de descobrir em uma sala de bate-papo virtual ameaças de que um ataque similar ocorreria ali.

(Reportagem de Aaron Gray-Block)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG