Polícia finlandesa diz que autor de disparos em escola está em situação grave

Helsinque, 23 set (EFE).- O jovem que abriu fogo de maneira indiscriminada em um centro de ensino finlandês e que deixou um número ainda não precisado de mortos foi levado em estado crítico para um hospital de Tampere com um tiro na cabeça, informou hoje a Polícia local.

EFE |

Em entrevista coletiva, a Polícia desmentiu as informações sobre a morte do jovem, aluno do centro de ensino e que tentou se suicidar após provocar um massacre em uma escola de formação profissional de Kauhajoki, no oeste da Finlândia.

A Polícia não quis precisar o número de pessoas que morreram devido aos disparos, que alguns meios de comunicação locais cifram em pelo menos três. EFE jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG