Polícia evita casamento forçado de menor sérvia na Alemanha

Berlim, 30 abr (EFE).- A intervenção da Polícia evitou que uma adolescente sérvia de 15 anos se casasse contra a sua vontade e forçada por sua própria família com um jovem do mesmo país, de 19 anos, na Alemanha.

EFE |

Berlim, 30 abr (EFE).- A intervenção da Polícia evitou que uma adolescente sérvia de 15 anos se casasse contra a sua vontade e forçada por sua própria família com um jovem do mesmo país, de 19 anos, na Alemanha. Um porta-voz da Polícia informou hoje que a jovem foi sequestrada por sua própria família em Hamburgo e enviada a Berlim à casa do jovem com quem deveria se casar no dia 1º de maio. A jovem teve tempo de enviar mensagens de socorro pela internet, o que chamou a atenção de seu tutor escolar, que entrou em contato com a Polícia. "O professor apresentou uma denúncia porque a jovem não foi à aula. A jovem tinha confessado a ele anteriormente" que ia a ser forçada a casar-se, disse o porta-voz. Alertados pelos agentes de Hamburgo, oficiais da Polícia de Berlim foram à casa do adolescente, onde liberaram a jovem de seu cativeiro e do casamento contra sua vontade. O professor que contatou a Polícia disse que a jovem tinha se inteirado pouco antes do casamento programado por sua família e "temia ser repudiada se se opusesse aos desejos de sua mãe". Os pais levaram a adolescente pessoalmente de Hamburgo a Berlim de carro. Depois de liberada, a menina passou a ser tutelada pelo escritório de proteção de menores. EFE jcb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG