Polícia espanhola procura brasileira desaparecida

A Guarda Civil espanhola investiga o desaparecimento da brasileira Ozana Maria dos Santos, que foi vista pela última vez em 2006, em Inca, em Mallorca. Segundo um comunicado divulgado na última sexta-feira pela Guarda Civil, a brasileira foi vista pela última vez por volta das 10h do dia 19 de março de 2006, quando saiu de sua casa, em Inca, para ir à festa de aniversário de uma menina.

BBC Brasil |

A Guarda Civil afirma que Ozana não voltou para casa depois da festa. Na época do desaparecimento, ela tinha 48 anos.

"A amiga com quem Ozana dividia apartamento havia comprado duas bonecas iguais no mercado de Inca, e ela pediu que vendesse uma delas para dar de presente à menina", afirma o comunicado.

"Sua amiga concordou, e Ozana participou do aniversário em segurança", diz o texto.

O documento afirma que a menina, segundo todos os indícios, sentia um especial carinho por Ozana, a quem chamava de "avó".

Segundo o comunicado, "os investigadores da Guarda Civil seguem essa pista para averiguar o lugar onde se comemorou o aniversário, e tentam entrar em contato com o pai e a mãe dessa menina, a fim de reconstituir os fatos e seguir os passos de Ozana no último dia em que foi vista com vida".

A Guarda Civil afirma que a filha de Ozana, Suzanne Maria de Moura, viajou do Brasil a Mallorca para procurar a mãe.

O comunicado pede que qualquer pessoa que tenha alguma informação sobre Ozana entre em contato com a Guarda Civil.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG