Polícia espanhola prende quadrilha que falsificava produtos de luxo

MADRI, Espanha - A polícia espanhola afirmou ter prendido cinco paquistaneses suspeitos de contrabandear produtos de luxo falsificados e forçar pessoas à condições de trabalho ilegais.

AP |

A polícia diz que a quadrilha distribuía 2.500 itens falsificados por dia.

Os acessórios e roupas eram feitos na Ásia e importados para a Espanha onde seriam "finalizados" com etiquetas falsas.

Segundo a polícia marcas como Burberry, Carolina Herrera e Chanel eram falsificadas.

Em declaração, as autoridades disseram que a quadrilha explorava quatro trabalhadores em um galpão sem janelas num subúrbio de Madri. Os homens têm entre 22 e 45 anos.

    Leia tudo sobre: espanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG