Polícia espanhola encontra armas e informação com membros da ETA detidos

Madri, 28 out (EFE).- A Polícia espanhola encontrou armas, explosivos e informação sobre possíveis alvos com os quatro supostos membros do grupo terrorista basco ETA que foram detidos hoje em Pamplona e Valência, informaram fontes da investigação.

EFE |

Três supostos membros da ETA foram detidos hoje em Pamplona, na região de Navarra, enquanto uma mulher, também suposta integrante do grupo, foi presa em Valência.

As fontes afirmaram que os quatro supostos membros do grupo basco formavam um novo comando, denominado Nafarroa.

Todos eles formavam um grupo "legal" (não fichado pela Polícia) de apoio à ETA.

As fontes da investigação acrescentaram que os detidos foram identificados como Aurken Sola Campillo, Xabier Rey Urmeneta, Sergio Boada Espoz e Araitz Amatria Jiménez.

Campillo havia sido condenado pela Audiência Nacional espanhola, em maio de 2005, a 15 meses de prisão por crime de colaboração com grupo armado em grau de tentativa, acusado de fazer parte de um grupo de informação da ETA denominado comando Urbasa.

A operação policial, que começou na madrugada de hoje, continua aberta. EFE bec/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG