Polícia espanhola detém onze brasileiros que usavam documentos falsos

Barcelona, 30 ago (EFE).- A Polícia espanhola deteve em várias localidades da região da Catalunha onze brasileiros que trabalhavam com permissões obtidas através de documentos de identidade portugueses falsificados.

EFE |

Segundo fontes policiais, os detidos entraram na Espanha como turistas e, uma vez no país, pagaram entre 600 e 800 euros (US$ 800 a US$ 1.000) pelos documentos falsificadas.

Com esses documentos, tramitaram suas permissões de trabalho em condições de cidadãos de países da União Européia.

Os onze brasileiros são acusados de crime de falsidade ideológica e usurpação do estado civil e, além disso, foi aplicada a Lei de Estrangeiros, por isso poderiam ser repatriados ao Brasil. EFE rg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG