Polícia equatoriana confirma morte de cinco turistas inglesas em Manabí

Quito, 13 abr (EFE).- Pelo menos cinco turistas de nacionalidade inglesa morreram em um acidente registrado na noite de ontem em uma estrada da província litorânea de Manabí, no oeste do Equador, confirmaram hoje fontes policiais.

EFE |

Além disso, outras 14 pessoas ficaram feridas nesse acidente de trânsito ocorrido no setor de Sancán, na estrada para o balneário de Puerto López, no Oceano Pacífico, revelou à Efe uma fonte da Polícia em Manabí.

Segundo a fonte, as falecidas são Beccy Logie, de 19 anos de idade; Indira Swan, de 18; Lizeth Pincock, de 18; Emilie Satdler, de 19; e Sarah Howard, de 26 anos.

O promotor da cidade de La Tira (também em Manabí) encarregado do caso, Gastón Bustamante, disse à Efe que o ônibus no qual viajavam os turistas se chocou com um caminhão, quando os dois veículos, que circulavam, aparentemente, em direções opostas, tentavam passar por uma ponte estreita.

Bustamante declarou que os cadáveres das cinco turistas foram transferidos a um necrotério da cidade litorânea de Manta, próxima ao local do acidente, porque lá existem câmaras de refrigeração.

O promotor indicou que os feridos também foram transferidos a um hospital de Manta, e disse que entre eles há uma pessoa com uma fratura na clavícula, ao tempo que os demais apresentam ferimentos leves.

Bustamante presume que o falecimento das cinco turistas inglesas aconteceu porque elas viajavam junto às janelas em cinco assentos do lado esquerdo do ônibus, onde certamente aconteceu o impacto com o caminhão.

Além disso, disse que o ônibus, que pertence à cooperativa "Reina del Camino", foi fretado em Quito pelas turistas para viajar até Puerto López, um balneário situado a cerca de 380 quilômetros a oeste da capital equatoriana.

O promotor acrescentou que as causas do acidente ainda são investigadas. EFE fá/bf/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG