Sana, 15 jun (EFE).- A Polícia encontrou hoje os corpos de três alemãs sequestradas no Iêmen na última sexta-feira por um grupo armado identificado como Yamaa al Huti.

Segundo informações, os corpos, que apresentam marcas de bala, foram achados numa região do leste da província de Saada, no noroeste do Iêmen.

As três mulheres foram atacadas por um grupo de homens armados quando viajavam com mais seis estrangeiros, que continuam em paradeiro desconhecido.

Fontes do Governo disseram à Agência Efe que existem indícios de que os sequestradores estão ligados à Al Qaeda.

Ontem, a "Saba", agência oficial de notícias do Iêmen, informou que sete alemães, um britânico e uma sul-coreana foram sequestrados quando cruzavam a província de Saada.

A agência atribuiu o sequestro ao grupo xiita Yamaa al Huti.

Porém, pouco tempo depois, a organização negou seu envolvimento no caso.

De acordo com fontes do Governo, o local em que os corpos foram achados fica ao lado de uma região saudita conhecida por ser um reduto da Al Qaeda. EFE aj/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.