Os corpos desmembrados de nove homens foram encontrados em um caminhão abandonado no sudoeste do México, segundo informou nesta sexta-feira a polícia do país. Os membros estavam em 18 sacolas encontradas em uma estrada isolada no Estado de Guerrero junto com um bilhete assinado pelo cartel de drogas La Família.

A polícia afirmou que algumas das vítimas receberam tiros antes de serem decapitadas.

"La Familia não mata inocentes, os que merecem morrer, morrem", disse o bilhete escrito à mão, segundo outro relato.

Violência
A base do cartel La Familia é o Estado vizinho de Michoacan, considerado bastante violento.

O presidente mexicano, Felipe Calderón, enviou mais de 45 mil soldados para combater as gangues traficantes de drogas, desde que assumiu o poder em dezembro de 2006.

Mais de 11 mil pessoas morreram em episódios ligados ao tráfico neste período.

Ainda nesta sexta-feira, um relatório divulgado pelo governo indica que o uso da cocaína dobrou no México nos últimos seis anos.

O documento afirma que 2,4% dos mexicanos entre 12 e 65 anos usaram a droga no ano passado, comparado com 1,2% em 2002.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.