Polícia encontra corpo roubado do ex-presidente do Chipre

Nicósia, 8 mar (EFE).- Três meses depois de serem roubados do cemitério de Defteras, os restos mortais do ex-presidente cipriota Tassos Papadopoulos foram localizados perto de Nicósia.

EFE |

"Segundo todos os indícios disponíveis até agora, o corpo localizado em um cemitério em Nicósia possivelmente pertence ao ex-presidente Tassos Papadopoulos", declarou Michalis Katsounotos, porta-voz da Polícia local.

Ainda é necessário realizar um exame de DNA para garantir que os restos mortais pertencem mesmo a Papadopoulos.

Sob seu mandato (2003-2008), o Chipre passou a fazer parte da União Europeia. Papadoulos também bloqueou o plano da ONU de reunificar a ilha.

De acordo com a rede de televisão "MEGA", um distintivo pertencente ao ex-presidente encontrado em uma jaqueta junto ao corpo pode ser um indício definitivo da identidade dos restos mortais.

A Polícia afirmou que chegou até o corpo por meio de um telefonema anônimo.

Os restos mortais de Papadopoulos foram roubados em 11 de dezembro de 2009, um dia antes do aniversário de um ano da sua morte.

Papadopoulos governou o Chipre entre 2003 e 2008. Ele faleceu aos 75 anos por causa de um câncer de pulmão.

Em fevereiro de 2008, ele havia perdido as eleições presidenciais para o comunista moderado Dimitris Christofias, que relançou as negociações com os turco-cipriotas para a reunificação da ilha. EFE fl-as/pb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG