Polícia encontra 9ª corpo na casa queimada pelo Papai Noel suicida

WASHINGTON - As autoridades encontraram, nesta sexta-feira, restos de um nono corpo em uma casa da Califórnia incendiada por um homem que, vestido de Papai Noel, atacou a tiros pessoas que participavam de uma festa na noite do último dia 24 e se suicidou.

Redação com agências |

O Instituto Médico Legal (IML) de Covina, subúrbio de Los Angeles, não deu mais detalhes sobre as nove pessoas mortas à espera de que se complete a identificação dos restos carbonizados.

O suspeito foi identificado como Bruce Jeffrey Pardo, de 45 anos, que tinha se divorciado de Sylvia Pardo havia poucas semanas, após um breve casamento.

Os documentos dos tribunais mostram que a última audiência para a separação de bens do casal ocorreu no último dia 18, e que Pardo estava sem emprego desde julho.

Ele chegou quase à meia-noite de quarta-feira à residência onde viviam os pais de sua ex-esposa e onde havia cerca de 25 pessoas na celebração natalina.

AP
AP
A casa invadida por homem vestido de papai noel pega fogo


De acordo com declarações de testemunhas, a Polícia informou que, tão logo uma menina de oito anos de idade lhe abriu a porta, Pardo começou a disparar com uma arma semi-automática e pouco depois iniciou um incêndio com um tanque de combustível que levava.

Algumas pessoas fugiram pela porta de trás, e outros subiram escadas e saltaram pelas janelas do andar superior da casa, segundo testemunhos reunidos pelos meios de comunicação.

A menina que abriu a porta, que recebeu um disparo no rosto, e outra jovem de 16 anos, filha de Silvia Pardo e ferida a tiros nas costas, foram internadas em um hospital local. Não correm risco de morte.

Uma terceira vítima fraturou o tornozelo ao saltar por uma janela.

Após atacar os que participavam da festa e atear fogo na casa, o homem abandonou a cena do crime e foi para a residência do seu irmão, onde foi encontrado na manhã seguinte com um tiro na cabeça.

As autoridades indicam que Bruce Pardo se suicidou.

Entre os falecidos poderiam estar sua ex-mulher e os pais dela, Joseph Ortega, de 80 anos, e Alicia Ortega, de 70, já que não foram localizados até agora.

O grave estado de deterioração em que foram localizados os corpos, devido ao fogo, está fazendo com que a Polícia retire provas da arcada dentária para poder identificá-los.

Leia mais sobre: Papai Noel

    Leia tudo sobre: califórniapapai noel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG