Mina abandonada foi usada como vala comum em Estado mexicano de Guerrero, um dos principais pontos de violência ligada ao tráfico

A polícia do México afirmou nesta segunda-feira que recuperou 55 corpos em uma mina abandonada usada como vala comum por gangues ligadas ao tráfico de drogas. Inicialmente, foi divulgado que 77 corpos tinham sido encontrados, mas a informação foi corrigida.

Os restos humanos foram descobertos no final de maio em uma mina de prata na região de Taxco, no Estado de Guerrero, mas a notícia foi divulgada nesta segunda-feira. A polícia ainda percorre áreas próximas para verificar se outros corpos foram deixados.

Até agora, apenas seis vítimas foram identificadas, entre elas o diretor da prisão local. Segundo a polícia, alguns corpos tinham tatuagens usadas por integrantes de gangues ligadas ao tráfico de drogas.

O Estado de Guerrero é um dos principais pontos de violência ligada ao tráfico, que causou mais de 22 mil mortes no México desde 2006.

Com BBC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.