Polícia encontra 5 membros de família russa mortos na Chechênia

Moscou, 17 ago (EFE).- Cinco membros de uma família russa que moravam na localidade chechena de Pervomayskoye foram encontrados mortos em casa, informou hoje o comando unificado das tropas da Rússia no Cáucaso Norte.

EFE |

Os cinco integrantes da família Kolesnikov, dois homens e três mulheres, foram baleados, informou um porta-voz do comando militar e as agências russas.

O presidente da república russa da Chechênia, Ramzan Kadyrov, confirmou o assassinato da família russa, que qualificou de "crime desumano", segundo a agência "Interfax".

"É preciso encontrar os autores deste crime e castigá-los com todo o rigor da lei. Mobilizaremos todos os meios disponíveis das forças da ordem e dos serviços secretos", disse Kadyrov em reunião com responsáveis de segurança na república.

Aleksandr Sulimov, chefe do Serviço Federal de Segurança russo na Chechênia, atribuiu o assassinato da família russa às "quadrilhas" de extremistas islâmicos que pretendem, com isso, desestabilizar a república e opor os habitantes chechenos e russos.

Esse assassinato foi divulgado poucas horas após o atentado suicida que deixou hoje pelo menos 20 mortos e mais de 100 feridos na república da Inguchétia, vizinha da Chechênia, do qual as autoridades responsabilizaram guerrilheiros islâmicos. EFE si/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG