Polícia egípcia mata quatro imigrantes africanos na fronteira com Gaza

Cairo, 9 set (EFE).- Quatro imigrantes africanos morreram esta madrugada pelas mãos da Polícia egípcia próximo da zona fronteiriça de Rafah quando tentavam entrar em Israel, informaram a Efe fontes policiais.

EFE |

Segundo as fontes de Rafah, outros três imigrantes ficaram feridos e um deles se encontra em estado crítico.

A nacionalidade dos imigrantes não foi revelada, mas a Polícia egípcia acredita que são etíopes cujo destino final era Israel, que abriga uma grande comunidade deste país.

Nos últimos anos morreram cerca de 12 imigrantes em circunstâncias similares na fronteira entre Egito e Israel.

O tratado de paz de 1979 entre ambos os países estabelece que o controle da fronteira corresponde unicamente às forças de segurança egípcias. EFE nq-jrg++/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG