Harare, 3 abr (EFE) - Dois estrangeiros foram detidos hoje em uma operação policial em um hotel onde costumam se hospedar jornalistas ocidentais, confirmaram à Agência Efe fontes policiais e da oposição.

A fonte policial, no entanto, não pôde confirmar a identidade nem a nacionalidade dos detidos.

Testemunhas do hotel contatadas por telefone pela Efe disseram que a Polícia ainda estava no local, mas não deram mais detalhes.

O porta-voz do opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC) Nelson Chamisa confirmou à Efe que na operação policial realizada no hotel foram detidos dois estrangeiros, mas também não pôde dar mais detalhes.

Os correspondentes que estão trabalhando no Zimbábue afirmam que um jornalista americano, que entrou como turista no país, foi detido pela Polícia do Zimbábue durante essa operação.

Centenas de jornalistas estrangeiros pediram credenciamento para cobrir as eleições gerais de sábado, mas o Governo de Harare rejeitou a entrada da maioria deles no país.

Alguns, no entanto, viajaram para o Zimbábue para cobrir o pleito, fingindo ser turistas, e estão reportando as eleições do país sem o conhecimento das autoridades. EFE sk/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.