Polícia dos EUA procura estudante que se casaria neste domingo

Washington, 12 set (EFE).- Cem agentes de diversas agências de segurança dos Estados Unidos estão à procura de Annie Marie Le, uma pós-graduanda da Universidade de Yale que, aos 24 anos, se casaria neste fim de semana caso não tivesse desaparecido na terça-feira.

EFE |

A investigação é coordenada pelo FBI (polícia federal americana), que no momento busca pistas do paradeiro de Marie Le na análise das imagens de 75 câmeras de vídeo espalhadas pelo campus da universidade.

A jovem, que estudava farmacologia na Faculdade de Medicina, foi vista pela última vez na terça-feira de manhã, num centro de pesquisas de Yale .

"Sei que a Polícia investiga o caso de forma enérgica e várias vezes revistou a região ao redor do edifício da rua da Amizade", disse o reitor da universidade, Richard Levin, ao "Yale Daily News", o jornal da instituição.

"Uma situação como esta nos preocupa muito", acrescentou o acadêmico.

Marie Le iria se casar amanhã com Jonathan Widawsky, estudante de pós-graduação da Universidade de Colúmbia e que colabora com as investigações.

Uma câmera de vídeo gravou a entrada de Marie Le no centro de pesquisas da rua da Amizade, mas não há registros da saída dela. No escritório que a estudante tem no edifício, a Polícia encontrou a bolsa, o telefone celular, os cartões de crédito e o dinheiro da jovem desaparecida.

A Universidade de Yale ofereceu uma recompensa de US$ 10.000 a quem der informações que levem à localização da pós-graduanda. EFE cma/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG