Polícia do Zimbábue prende advogado do líder da oposição

A polícia zimbabuana prendeu o advogado do líder da oposição, Morgan Tsvangirai, por acusações relacionadas ao aluguel de um helicóptero para a campanha presidencial, informou outro adivogado.

AFP |

Innocent Chagonda, principal advogado do líder do Movimento para a Mudança Democrática (MCD), foi detido na quinta-feira e permanece preso, afirmou Chris Mhike.

"Ele é acusado de ter interferido no trabalho da polícia. Porém, temos a intenção de apresentar um recurso de urgência para obter sua libertação", disse.

A detenção está relacionada à apreensão, pouco antes das eleições presidenciais, de um helicóptero utilizado por Tsvangirai para viajar durante a campanha.

Chagonda havia solicitado à polícia a devolução do aparelho.

"A detenção faz parte da campanha das autoridades contra os partidários do MCD", disse o porta-voz do partido, Nelson Chamisa.

O Zimbábue está em crise desde as eleições gerais de 29 de março. Nas legislativas, o partido do presidente Robert Mugabe perdeu a maioria na Câmara dos Deputados, mas o resultado das eleições presidenciais não foi divulgado 13 dias depois da votação.

Na espera do resultado, o governo e a oposição trocam acusações de tentativas de desestabilizar o país.


    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG