Polícia do Zimbábue cerca hotel onde se hospedam jornalistas estrangeiros

Johanesburgo, 3 abr (EFE) - Agentes policiais do Zimbábue cercaram hoje um pequeno hotel de Harare onde costumam se hospedar jornalistas ocidentais, confirmaram fontes do hotel.

EFE |

"A Polícia ainda está aqui, não posso falar", disse por telefone à Agência Efe uma mulher que atendeu uma ligação feita ao hotel York Lodge.

Os correspondentes que estão trabalhando no Zimbábue afirmam que um jornalista americano, que entrou como turista no país, foi detido pela Polícia do Zimbábue durante essa operação.

Centenas de jornalistas estrangeiros pediram credenciamento para cobrir as eleições gerais de sábado, mas o Governo de Harare rejeitou a entrada da maioria deles no país.

Alguns, no entanto, viajaram para o Zimbábue para cobrir o pleito, fingindo ser turistas, e estão reportando as eleições do país sem o conhecimento das autoridades.

Nas eleições parlamentares de 2005, dois jornalistas britânicos foram detidos no Zimbábue por exercer sua profissão sem contar com a permissão do Governo, e ficaram em liberdade dias depois de pagar uma multa. EFE ag/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG