Islamabad, 12 dez (EFE).- Pelo menos 20 pessoas foram detidas hoje durante a operação policial paquistanesa empreendida contra a organização Jamaat-ud-Dawa (JuD), declarada terrorista pela ONU.

As 20 detenções aconteceram na província do Punjab, no leste paquistanês, segundo uma fonte policial citada pela rede de TV "Geo", que informou do fechamento de escritórios do JuD por todo o território paquistanês, incluindo dois que tinha na capital Islamabad.

O JuD foi proscrito ontem pelo Governo do Paquistão, após ser incluído no dia anterior na lista de organizações terroristas da ONU.

A Índia acusou o JuD de servir de cobertura para o anteriormente proscrito Lashkar-e-Taiba, grupo que luta pela anexação da Caxemira ao Paquistão ao que as autoridades indianas culpam pelo último atentado contra a cidade de Mumbai. EFE igb/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.