Polícia do México recebe quatro cabeças decapitadas

A polícia da cidade de Ascención, no norte do México, recebeu uma encomenda contendo quatro cabeças decapitadas de homens não identificados. As cabeças chegaram à Polícia Municipal da cidade no dia 14 de outubro, em uma caixa térmica com gelo e com a inscrição: Vacinas, material delicado.

BBC Brasil |

Manusear com cuidado", segundo o jornal mexicano La Prensa.

Os policiais que receberam a encomenda pensaram que se tratava de um engano, apesar de o endereço de entrega ser o da polícia de Ascención.

Pensando que a caixa pertencia a hospitais ou clínicas particulares, a polícia consultou hospitais locais sem obter resposta.

Exames
Os policiais decidiram, então, abrir a caixa térmica e encontraram uma das cabeças. Ao notar que era uma cabeça humana, a polícia de Ascención entrou em contato com a Procuradoria de Justiça do Estado, que enviou especialistas examinar o conteúdo da caixa.

Segundo os especialistas, a caixa tinha, ao todo, quatro cabeças decapitadas, todas de homens, com idades entre 25 e 35 anos. Além das cabeças, também foi enviada uma carta, cujo conteúdo não foi divulgado.

Os exames indicaram que as vítimas foram decapitadas depois de mortas, mas ainda não se sabe a identidade e nem o paradeiro de seus corpos.

A cidade de Ascención não fica muito distante de Ciudad Juarez, perto da fronteira com os Estados Unidos.

Ciudad Juarez tem a fama de ser uma das mais violentas do México, com mais de 25% dos 3,8 mil assassinatos relacionados ao tráfico de drogas ocorridos no país desde o início do ano.

As autoridades descartaram a hipótese de uma das cabeças pertencer a um comandante da polícia mexicana que foi seqüestrado no dia 18 de maio de 2008.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG