A polícia disperou neste domingo várias manifestações contra o golpe de Estado organizadas em Nuakchott na véspera da expiração do ultimato dado pela União Africana (UA) exigindo a volta ao poder do presidente deposto pelos militares há dois meses.

Em seu ultimato, a UA recordou o risco de aplicações de sanções e isolamento dos militares golpistas mauritanos caso não respondam a ele.

lbx-hos/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.